Meu primeiro diário de gravidez / Primeiro trimestre

Olá gente, tudo bom? Resolvi postar meus diário de gravidez que estava no blog antigo, eu sei que minha bebê já tem 6 meses mas eu realmente não consigo deixar escondidinho meus diários de gravidez, acredito que algumas gravidinhas, mamães, e meninas que sonham em ser mãe podem gostar de ler. Então tá aqui, espero que gostem.

Esse é o primeiro diário de gravidez que faço, mesmo já estando no segundo trimestre não quero deixar de começar, bem… pelo começo. A descoberta da minha gravidez foi algo muito maravilhoso que me deixava chorando de alegria toda vez que pensava no “serzinho” dentro de mim. Sempre sonhei em ser mãe e quando me encontrei grávida ah, como não se emocionar a cada respiro! Embora toda essa alegria estivesse tomando conta de mim houve também as náusas, sono exessivo, aversões a algumas comidas, extrema sensibilidade e desejo de comer churros.

 É uma fase de muita ansiedade pois os primeiros órgãos do bebê começam a ser formados, onde passa de embrião a feto, dá uma preocupação e uma ansiedade muito grande! Acho que toda gestante não vê a hora de passar esses três meses e ver que está tudo bem com seu filho. Comecei a tomar a vitamina que minha médica receitou (e que por sinal é muito completa) também passei a cuidar mais da minha alimentação ingerindo bastante frutas, verduras, legumes e muitas outras coisas saudáveis que não era tão acostumada a comer de rotina. Enjoei de cebola, alho e frango (eu amava frango. Amava mesmo)

Bom, sobre anunciar a gravidez eu e meu marido resolvemos esperar passar o primeiro trimestre para contar para a família e amigos, foi melhor e mais confortante pra mim, me preparei psicologicamente para aquelas frases chatas do tipo “ah mas você é tão nova pra ser mãe” mas por outro lado é ótimo ver a reação positiva e feliz das pessoas nos dando parabéns e desejando saúde para nosso bebê. Quando estava perto das 14 semanas os sintomas mais chatos foram embora e comecei me sentir bem melhor com mais energia e um super apetite! Vale a pena deixar bem claro que para a maioria das gestantes o que não vai embora tão cedo é a sensibilidade e as variações de humor, mas isso é diferente para cada uma e há mulheres que nem nauseas sentem.

Começou então, a próxima ansiedade haha aquela de querer logo saber se é menina ou menino, mas isso é assunto para o diário do segundo trimestre. Me sinto muito feliz e realizada, casei com o amor da minha vida e agora teremos mais uma alegria nas nossas vidas, mais um amorzinho, fruto do nosso amor. Ah, e a sensação de ter seu bebê tão juntinho ao seu coração é perfeita.

Escrito em 31/12/2016.

 Então é isso gente, logo vou fazer um post do que eu sinto quando leio meus diários de gravidez hoje, depois de 6 meses depois do parto. Obrigada por ler, fique a vontade para comentar.

Abraço!

Autor: Kali Bonato

''Casada, mãe, blogueira. Amo o universo feminino e o mundo da maternidade.Criei o blog para compartilhar experiências, dicas, com o objetivo de sempre ajudar.''

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s