Infância feliz – Naquela Rua Marcela Tais 

Você conhece a Marcela Taís? Ela é minha cantora brasileira preferida e vou começar a fazer posts sobre suas músicas. Ela é uma pessoa simples, de muita fé e amor, sinto Deus através das músicas dela.

Seus sentimentos viram poesia e sua poesia vira música… Música muito boa, por sinal. Vou pegar algumas partes de suas canções e vou refletir sobre elas aqui no blog, Ok?!

Vou começar com a música “Naquela Rua”

A letra inteira da música é essa:

Hoje vou voltar na rua que eu nasci
Hoje eu quero lembrar como é ser feliz
Lá nossas crianças brincavam mais
Hoje vivemos os dias sempre tão iguais

O tempo vai, vamos decidir
Vamos sonhar antes de dormir

Vem me visitar e não repare
Que hoje a casa eu nem vou arrumar
Senta aqui na minha varanda
Temos tempo e deixa as plantas

Hoje nem vou regar
Que a chuva vai trabalhar
Enquanto ela cai vamos conversar
A vida repartir, juntos vamos ser feliz
Como naquela rua continua aqui

Hoje eu vou voltar na rua que eu nasci
Hoje eu quero lembrar como é ser feliz
Ensinem as crianças a brincarem mais
Vamos plantar mais flores em nossos quintais
O tempo vai, vamos decidir
Vamos sonhar antes de dormir

Vem me visitar e não repare
Que hoje a casa eu nem vou arrumar
Senta aqui na minha varanda
Temos tempo e deixa as plantas
Hoje nem vou regar
Que a chuva vai trabalhar
Enquanto ela cai vamos conversar
A vida repartir, juntos vamos ser feliz
Como naquela rua continua aqui

Se essa rua, se essa rua, se essa rua fosse minha
Não deixava, não deixava, não deixava ela mudar
Brincadeira, brincadeira, brincadeira todo dia
Porque, a vida porque a vida ela não pode parar

La,la,la,la,la,la
La, lá, lá lá

Marcela fala sobre voltar a rua em que nasceu / cresceu, queria lembrar de como era a infância. Na frase “lá nossas crianças brincavam mais” se pergunte uma coisa: hoje as crianças brincam como brincavam antigamente? Não né?!  Hoje as crianças estão na era da tecnologia, é muito bom ter tecnologia, celulares, videogames, computadores, Internet boa, eu sou muito a favor da tecnologia, não estou falando mal, graças a tecnologia tenho um blog e o amo! Mas a verdade é que antigamente era tudo tão mais simples, o fato de ter uma bola e alguns amigos a diversão já estava garantida, as brincadeiras duravam horas e horas e quando a mãe chamava pra ir pra casa tomar banho era a parte mais triste do dia.

Crianças brincando ao ar livre

Muitas das nossas crianças de hoje não sabem o que é peteca, bolas de gude e outras brincadeiras de roda com cantigas. Hoje em dia não se pode mais brincar na rua, a criminalidade tem aumentado muito no mundo, é outra coisa, outra época. Me lembro de ficar até as 20h da noite na rua em horário de verão, crianças humildes, simples e felizes reunidas com uma bola, brincando de pique-esconde, correr, andando de bicicleta…

“Ensinem as crianças a brincarem mais”  O tempo passa tão rápido, vamos ensinar nossas crianças a aproveitarem sua infância, vamos brincar com nossos filhos, vamos ensinar brincadeiras antigas vamos inventar novas brincadeiras alegres vamos fazer da infância de nossas crianças mais feliz cheia de música alegria brincadeira, vamos brincar com eles ao invés de colocá-los apenas em frente a TV e ao computador, vamos ser mais presentes.

Tudo tem o seu tempo e é tempo de relembrar, de brincar… é tempo de plantar mais flores em nossos quintais, deixar a chuva regar as plantas, observar a chuva, agradecer a chuva. É tempo de ser mais simples, mais feliz.

Foto tirada aqui no meu quintal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s