Resenha Star Wars: Os Últimos Jedi Parte I | Mundo Geek 

Um dos filmes mais esperados do ano de 2017 com certeza foi Star Wars – Os últimos Jedi. As expectativas dos fãs da franquia Star Wars para este novo filme (agora nas mãos da Disney) eram grandes, ainda mais após o sucesso de Star Wars – O despertar da força em 2015.
Este post terá spoiler. Repito, este post terá spoiler!

Quero falar mais da Saga de Luke Skywalker neste post, mas antes vai um breve resumo da história: Rey (Daisy Ridley) vai até Luke Skywalker (Mark Hamill) em busca de seus ensinamentos, querendo que ele a ensine os caminhos da Força e que ambos lutem na guerra contra o império, sendo Luke uma referência e o último mestre Jedi existente. Enquanto isso lá na Resistência, Finn (John Boyega ) Poe Dameron (Oscar Isaac) e Rose (Kelly Marie) uma nova personagem cheia de coragem e admiração pelos heróis da resistência, seguem armando estratégias para defende-la contra a Primeira Ordem que estão atacando com furor, causando enormes e sentidas perdas.

Foto: Daniel Bonato / The Impire – Star Wars

Agora vão começar os spoilers, último aviso não quero ninguém bravo dizendo que não avisei! Em 3, 2, 1 se liga:

Sabemos até então que Rey vai em busca de ensinamentos de Luke, MAS ele de cara nega ensinar Rey, isso mesmo ele não quer saber de Jedi, Força, esperança ou resistência – o que decepcionou muitos fãs –

Deixa eu te contar a situação em que Luke se encontra.

Ele foi para Ahch- To (Ilha Sagrada Jedi) onde foi para se isolar do mundo, sentindo-se culpado, frustrado e com um peso enorme que carregava desde o ocorrido com o sobrinho Ben (Kylo), onde ele sentiu o lado negro da força dentro dele, Snoke (Mestre Sith) já havia o desvirtuado e decidiu matá-lo antes que fosse tarde demais enquanto dormia, porém isso durou segundos e logo desistiu, mas o sobrinho acordou e vendo aquele drama (muito bem mostrado no filme, relatando primeiramente o lado de Kylo como ele viu o ocorrido e depois como foi realmente contato por Luke) e isso nos leva a entender a vergonha que Luke sentiu, a decepção consigo mesmo, pra ele a destruição e fim da futura geração Jedi.

Sentindo-se envergonhado e decepcionado, fechou-se para tudo, inclusive para a Força, querendo que ele fosse o Ultimo Jedi.

Foto: Daniel Bonato / Star Wars

Minha crítica a respeito: Eu não achei decepcionante o fato de Luke Skywalker estar nesta situação, com isso o filme transmitiu uma mensagem inspiradora de que mesmo sendo um Mestre Jedi ele tem suas fraquezas e que pode ensinar com elas. O próprio mestre Yoda (simmm ele aparece como espírito da força *-* haha) fala algo a respeito que me emocionou:

Transmita o que aprendeu. Força, mestria. Mas fraqueza, insensatez, fracasso também. Sim, fracasso acima de tudo. O maior professor, o fracasso é. Luke, nós somos o que eles crescem além. Esse é o verdadeiro fardo de todos os mestres.

Mestre Yoda

Yoda transmitiu a mensagem a Luke de que é importante um mestre Jedi transmitir tudo aos seus aprendizes, até mesmo suas fraquezas e erros, pois veja bem “O fracasso um professor é”.

As pessoas estavam ansiosas para ver Luke neste filme e esperavam ver algo muito épico e glorioso, até mesmo clichês de um mestre Jedi, mas da forma que ficou achei muito mais inspirador e emocionante.

Sobre os Porgs

Há quem ame e quem odeie. Eu acho que os Porgs são “a cara da Disney” e que vai vender muitos bonequinhos (o que querem mesmo), pois muita gente vai comprar. Mas, sinceramente eu prefiro e compraria mil vezes o Chew.

Sim, eu queria fazer uma resenha deste filme em apenas um post. Mas me desculpe, é impossível “resumir o meu resumo” hahaha. Próxima semana tem mais um post sobre Star Wars: Os Últimos Jedi. Parte II.

Encontramos mais um defeito – ou qualidade – da Kali Bonato não é mesmo, não conseguir resumir seus pensamentos, rs.

Na post Parte II de Star Wars abordarei uma mensagem que o filme traz a respeito de “Tornar-se uma Lenda” e também não posso deixar de falar da Princesa Leia né galera?!

Um abraço até a próxima!

20180105_010358.jpg

Foto: Daniel Bonato / Modelo: Daniella Bonato – Garota Geek

Um comentário sobre “Resenha Star Wars: Os Últimos Jedi Parte I | Mundo Geek 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s